10 alimentos para evitar no primeiro ano de vida do bebê

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

A alimentação do bebê no seu primeiro ano de vida é muito importante e você precisa saber o que evitar. Nesta fase ele vai conhecer e aprender sobre os alimentos. Por isso, é preciso prestar muita atenção e fazer da melhor maneira para garantir que ele aprenda e cresça com hábitos alimentares saudáveis.

Ao mesmo tempo, essa fase de aprendizado do bebê, conhecida como introdução alimentar, vem acompanhada por muita ansiedade, principalmente das mães. Elas não veem a hora de o filho começar a se alimentar e comer os alimentos sólidos. 

Leia Também: Como iniciar a introdução alimentar

Eu sei que essa fase gera muita expectativa, mas você deve saber que o seu filho pode não comer um montão da primeira vez. Lembre-se que ele não aprende e se adapta de um dia para o outro. Até outro dia, ele só mamava o leitinho quentinho. 

Assim, pode ser que ele não aceite muito bem os alimentos nas primeiras vezes. Por isso eu aconselho que não fique com muitas expectativas. Não pense que só porque ele vai começar a comer alimentos sólidos que ele vai comer bastante logo no início.

É uma fase de aprendizado, na qual apresentar os mais variados alimentos é o fundamental. Até 1 ano, o principal alimento do bebê ainda é o leite.

O início da nova alimentação 

bebê comendo alimentos e frutas

A alimentação no primeiro ano de vida deve ser pautada na qualidade dos alimentos oferecidos, focando na variedade.

Não se preocupe com a quantidade. As crianças nascem com a capacidade de saber quando estão satisfeitas. Por acaso, se você forçar ela a comer quando ela não quer mais, poderá fazer ela perder essa auto regulação. 

Como o bebê não conhece os alimentos, ofereça os diversos tipos, de todos os grupos alimentares:

  • Carboidrato
  • Proteína
  • Legume
  • Verduras 
  • Leguminosas

Além disso, as frutas estão liberadas. Todas. Tudo que for comida de verdade, está liberado nessa fase alimentar do bebê.

Leia Também: O que o bebê de 6 meses pode comer + receitas

O que evitar até 1 ano de vida do bebê

Até aqui você viu como é importante a alimentação da criança até 1 ano. Porém, nem todos os tipos de alimentos devem ser oferecidos nessa fase. Confira abaixo o que deve ser evitado:

1 – Sal: ele só deve ser introduzido na alimentação dos bebês a partir de 1 ano. Antes disso, utilize temperos naturais, como cebola, alho, salsinha, cebolinha, manjericão, orégano, etc.

2 – Açúcar: só é recomendando após os 2 anos. Como nessa fase o paladar da criança está sendo formado, você pode incentivar a formação de um paladar mais doce. Logo, ela vai ter dificuldade em aceitar outros tipos de alimentos. 

Depois que a criança cresce ela vai ter contato com o açúcar, mas até os 2 anos, podemos e devemos evitar e manter a criança longe dele.

3 – Alimentos industrializados: aqui entram as bolachas, biscoitos, gelatina, sucos, refrigerantes, iogurtes, leite fermentado, entre outros. Estes alimentos geralmente são ricos em gorduras, sódio, açucares, corantes e aditivos. Com isso, a aceitação de novos alimentos poderá ser prejudicada.

4 – Leite de vaca: ofereça somente após 1 ano. Além do leite, deixe seu bebê longe dos seus derivados, como iogurtes, manteiga e requeijão.

Toxinas e intoxicação

5 – Mel: esse só é recomendado após os 2 anos. Ele possui uma bactéria que libera uma toxina quando a flora intestinal não está completamente formada. Essa toxina pode causar o botulistmo e outras complicações. 

6 – Carnes cruas: elas podem causar intoxicação alimentar e contaminação, por isso evite até os 2 anos. As carnes devem ser oferecidas desde o início da introdução alimentar e sempre bem passadas.

7 – Frutos do mar: assim como a carne crua, eles podem causar intoxicação e contaminação, por isso não ofereça antes dos 2 anos.

8 – Farináceos (Mucilon): essas farinhas usadas para enriquecer o leite são ricas em açúcar e não agregam nada para a saúde do bebê. Basta ler os rótulos para você conferir. 

Antigamente este tipo de alimento era aconselhado para as crianças ganharem peso, mas hoje em dia, esta recomendação não é mais adequada.

9 – Sucos: geralmente tem muito açúcar, mesmo os naturais. É o açúcar da fruta, mas continua sendo açúcar. Para um copo, é preciso um grande número da fruta.  Prefira sempre a fruta in natura, que é rica em fibras e incentiva a mastigação. 

10 – Chás: é bom evitar, pois a maioria deles contem cafeína e açúcar. Água é sempre a melhor opção.

Leia também: como lidar com a seletividade alimentar

Educação nutricional é fundamental

Com exceção desses alimentos que devem ser evitados, desde o início da introdução alimentar, o bebê pode comer de tudo.

Todas as frutas, todas as verduras e legumes, arroz, feijão, carne de vaca, de porco, de frango e de peixe, ovo, ervilha, lentilha. Pode oferecer tudo isso.

Lembre-se que a alimentação até um ano é muito importante. Depois de 1 ano vai ser mais difícil ele aprender e adquirir hábitos alimentares saudáveis. 

Dessa forma, o momento certo de adquirir esses hábitos é na introdução alimentar, no primeiro ano de vida do bebê. 

Evite os 10 alimentos citados aqui. Lá no futuro, você vai colher os bons frutos desse trabalho de hoje. Afinal, por que oferecer um alimento que só atrapalha a formação do hábito saudável e que não tem nenhum micronutriente? Não tem porque!

Assim, faça a introdução da maneira correta. Garanta que o seu filho conheça os alimentos. Variedade é fundamental. E por fim, tenha muita tranquilidade, paciência e confiança. 

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe seu Comentário

Compartilhe e pergunte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE