Bebê com 4 a 6 meses pode comer papinha? [Recomendação da especialista] em ia

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

Com 4 meses, o bebê não pode ainda comer papinha nem nada. Nessa idade ele não está preparado e a introdução dos alimentos sólidos pode trazer vários prejuízos. introdução alimentar e amamentação

Atualmente, a recomendação do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria é começar a introdução alimentar com 6 meses. Mesmo assim é comum mães relatarem que pediatras sugerem fazer a partir dos 4 ou 5 meses. Guia de Introdução alimentar

Por que essa data específica? Porque em torno dessa data é que o seu bebê estará preparado para começar a comer. Antes disso, ele não está.

Quando dar papinha ao bebê

Na verdade, você não deve oferecer papinha ao bebê nunca. O início da introdução alimentar deve ser feito com alimentos amassados ou em pedaços, nunca batidos, liquidificados ou peneirados.  Cortes Seguros de alimentos na BLW para bebês – Guia Completo

Mesmo que a papinha seja feita com alimentos muito nutritivos ou industrializadas, não ofereça ao seu bebê. Isso porque elas têm sempre a mesma a textura e o sabor. O bebê até come o que você oferece, mas ele não conhece os alimentos nem pratica a mastigação, o que é fundamental nessa fase. Meu filho rejeita os alimentos: Como lidar

Veja algumas desvantagens de optar pelas papinhas na introdução alimentar do bebê:

  • A criança não aprende sobre a comida.
  • Não conhece texturas diferentes.
  • Não conhece os alimentos individualmente.
  • Não aprende a tomar decisões.
  • Não desenvolve o paladar.
  • Não treina a mastigação.
  • Pode desenvolver seletividade alimentar no futuro.

Quando você dá o alimento batido, todo junto, o alimento perde suas características, ou seja, não tem a mesma textura, o mesmo sabor ou aroma. Horários das refeições na introdução alimentar

O início da introdução alimentar 

Seguindo os órgãos, a minha recomendação é iniciar em torno dos 6 meses. Não precisa ser no mesversário, ou seja, no dia que o seu filho completa 6 meses. É em torno. Outros fatores influenciam, como os sinais de prontidão.

Desse modo, você não deve observar apenas a idade. O bebê dá sinais de que está preparado para começar a introdução alimentar.

bebê pode comer papinha na introdução alimentar?
bebê comendo painha na ia

Alguns desses sinais:

  • Seu bebê consegue manter a cabeça erguida, sem apoio? O controle da cabecinha é importante para a alimentação e deglutição, evitando que ele engasgue.
  • Seu filho consegue ficar ereto? Ele consegue se sentar sozinho, com o apoio da sua mão ou encostado em uma cadeira de alimentação? O bebê deve estar sempre sentado em posição vertical para comer, para garantir que possa engolir os alimentos corretamente.
  • Ele consegue levar comida à boca? Nessa fase você já terá notado uma vontade incontrolável do seu bebê de levar tudo que pega à boca. É uma parte natural do aprendizado e do desenvolvimento sensorial.
  • Seu bebê consegue comunicar que está satisfeito? Bebês têm uma capacidade mágica para nos dizer “não quero mais, por favor!”, mesmo quando estão mamando no peito ou na mamadeira. Todas nós, mães, já vivenciamos a cabecinha balançando ou indo para trás quando eles estão satisfeitos. 

E se o bebê não estiver pronto?

Começar a introdução alimentar antes de o bebê estar preparado, pode trazer muitos prejuízos a saúde dele. Um deles é a chance maior de engasgo. Sim, porque se o bebê não senta com a cabecinha firme, a chance dele engasgar com os alimentos é muito grande.

Além disso, ele não vai conseguir comer e isso vai ser frustrante para ele e para a mãe.

Antigamente a recomendação era de que a introdução alimentar começasse com suco aos 4 meses, isso porque eles não conseguiam comer texturas diferentes, conseguiam apenas sugar, porque era a mesma coisa que leite.

Hoje não é mais assim. A introdução começa por volta dos 6 meses e com todos os sinais de prontidão, não adianta ter um ou outro. Como fazer espinafre para bebê na introdução alimentar

Por isso não adianta apressar. Pediatras que não se atualizaram, mães, avós e vizinhas podem falar para você começar aos 4 ou 5 meses, mas seja firme e não faça isso. Costumo dizer que isso é uma das coisas que não podemos controlar. É o bebê que sabe a hora certo e ele avida através dos sinais de prontidão.

A importância da introdução alimentar 

O período de introdução alimentar é muito importante para qualquer criança. É nessa fase que o bebê aprende a comer, conhece os alimentos, forma o paladar e cria hábitos alimentares.

Se você fizer do jeito certo, no momento certo e com os alimentos adequados, vai dar tudo certo e o seu bebê vai crescer se alimentando bem e se desenvolvendo de forma saudável. 

Tenho certeza de que é isso que você quer. Deixe para trás recomendações ultrapassadas. Vamos disseminar informação útil e atualizadas como esta.

Mesmo que você precise voltar ao trabalho ou deixar seu bebê com alguém, não há necessidade nenhuma de iniciar a introdução alimentar antes da hora. 

O bebê nessa fase se desenvolve muito rápido e, às vezes, é questão de dias para ele demonstrar os sinais de prontidão. Vale a pena esperar para garantir uma alimentação saudável para o seu filho.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe seu Comentário

Compartilhe e pergunte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Introdução alimentar

Receita de Papinha de Ameixa para Bebê

A ameixa é um ótimo alimento para oferecer ao seu bebê. Além de ser super saudável, ela ainda tem poder laxante para auxiliar na prisão

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE