Dicas Fáceis: Introdução Alimentar Bebê II

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

introdução-alimentar-bebê1

Introdução Alimentar do seu Bebê

Oie. Tudo bem? Já passei para você 7 dicas para iniciar a Introdução Alimentar do Bebê. Caso não tenha lido este artigo, basta clicar AQUI. Mas, para dar continuidade a este assunto, preciso passar outros pontos fundamentais para você.

Costumo falar que a Introdução Alimentar do Bebê é aprendizado! Tudo é novo nessa fase e tudo deve ser realizado com paciência, cuidado e é claro: Diversão. Esta etapa é realmente incrível!

Você deve estar preparada para iniciar essa rotina, sentindo-se segura e confiante em seu bebê. Ele vai estranhar de primeira, assim como nós adultos estranhamos quando conhecemos algo novo, ou aprendemos algo diferente.

Por este motivo, não seria diferente do seu bebê, não é mesmo?!

Então, continue lendo este artigo até o final, para que você descubra todos os passos para esta fase que além de divertida, se torna emocionante!

Existe alguma consequência ao realizar uma Introdução Alimentar inadequada?

introdução alimentar bebê

O importante nessa fase da vida dos nossos filhos é termos uma visão a longo prazo,  pensando nos benefícios para a saúde de quando eles forem mais velhos.

A  consequência mais imediata ao realizar a Introdução Alimentar do Bebê de forma inadequada é ter uma criança seletiva, que aceita poucos alimentos, sendo que em sua maioria são alimentos ricos em gordura e em açúcar.

Os sinais de seletividade se intensificam por volta dos 2 anos da criança. Não que seja impossível você mudar isso depois, mas vai ser muito mais difícil para você e para o seu filho, pois vai exigir um esforço e uma dedicação muito maior de vocês.

Outra consequência de realizar a Introdução Alimentar do Bebê de forma inadequada é a obesidade. Não podemos confundir “fofura” com gordura – isso é bem comum de acontecer – a criança “gordinha” geralmente está associada a fofura.

Antigamente, a criança bem nutrida e forte, era considerada saudável. Entretanto, atualmente devemos saber exatamente o que está acontecendo, pois dependendo de onde vem a caloria, a relação pode ser exatamente inversa.

Existem também as consequências invisíveis, que costumam aparecer a longo prazo, que são o desenvolvimento de doenças crônicas, tais como: diabetes, hipertensão, problemas com colesterol alto, etc.

Infelizmente estamos em um momento que muitas crianças, possuem essas doenças, que antes eram consideradas apenas de adultos. Por todos esses motivos, devemos realizar a Introdução Alimentar  do Bebê de maneira adequada.

Além de simples, ela é altamente benéfica para a saúde deles.

5 Principais Frutas para a Introdução Alimentar do Bebê

Agora que você já sabe sobre a importância de realizar a Introdução Alimentar do bebê corretamente, estamos prontos para começar a parte prática desse caminho. A principal pergunta que me fazem é: “Por onde começar?”

Eu recomendo iniciar pelas frutinhas e vou citar as cinco melhores frutas para começar a Introdução Alimentar do seu bebê.

A primeira fruta que eu recomendo é o Abacate. Além de ser deliciosa, é uma fruta rica em gorduras boas, em vitaminas e antioxidantes. Não para por aí, recomendo o abacate, porque não é uma fruta doce, dessa forma não incentivamos esse paladar.

A segunda fruta é a banana. Ela é rica em potássio, cobre, manganês, vitamina B, C e D. Uma fruta de fácil aceitação, além de ser prática, podendo levá-la para qualquer lugar, pois sempre estará fresquinha.  você poderá amassar com um garfo, ou oferecer ela inteira para o bebê morder.

A terceira fruta recomendada é a pera. Essa fruta contém uma grande quantidade de água, é de fácil digestão e de aceitação. Uma fruta rica em vitaminas C e K, deliciosa e super fácil de oferecer para o bebê.

A quarta fruta para oferecer na Introdução Alimentardo Bebê é o mamão. Ele é super rico em antioxidantes, vitaminas e minerais, além de conter fibras, que ajudam a regular o intestino do bebê.

E a quinta fruta que eu recomendo é a laranja. Conhecida por ser rica em vitaminas, ela possui também, diversas outras vitaminas e minerais, tais como: potássio, fósforo e as fibras. Ao oferecer a fruta inteira para o bebê, você estará estimulando a mastigação.

Quais são os alimentos mais fáceis para começar com o BLW?

introdução alimentar bebê

Se você ainda não sabe o que é o BLW, leia este artigo. Nele eu passo todas as informações necessárias sobre este método de Introdução Alimentar para o Bebê.

É muito bom a gente oferecer os alimentos de outras formas para o bebê. Assim ele vai  conhecer e ter contato com os alimentos além da “colherzinha”. Para que tudo ocorra da forma correta, é importante tomar alguns cuidados e oferecer os alimentos certos.

Sendo assim, conheça os 5 alimentos mais fáceis de se oferecer no BLW:

1º) Brócolis ou a couve-flor: basta cozinhar na água ou no vapor e está pronto para seu  bebê se deliciar. (aqui em casa o brócolis é o favorito e a Júlia ama desde o comecinho da Introdução Alimentar)

2º) Palitos de legumes bem cozidos: você pode variar (cenoura, abobrinha, abóbora, existem uma infinidade de legumes) porém, o fundamental é serem finos e compridos,  para que o bebê consiga pegar e levar até a boca.

3º) Pedaços mais compridos de frutas: a banana, a pera mais madurinha e o melão, são  simples e ótimos para o bebê pegar com a mão e comer.

4º) Carne: para ficar mais fácil de oferecer para a criança, faça mini almôndegas, dessa forma o bebê consegue pegar e morder. Você pode utilizar tanto a carne vermelha, como com o frango.

5º) Arroz: faça bolinhas também para facilitar para o bebê pegar com sua mão e conseguir comer.

Existem Alimentos Proibidos para Bebês de até 1 ano?

introdução alimentar bebê

A medida que o bebê cresce, ele fica com mais vontade de provar a comida do nosso prato. Nós mães, ficamos ansiosas para poder diversificar o cardápio das nossas crianças.

Porém, nem todos os alimentos são seguros para nossos bebês, por este motivo devemos ficar atentas para alguns alimentos específicos. Até os 6 meses, todos os alimentos devem ser evitados, menos o leite materno ou a fórmula infantil.

Os bebês antes dos 6 meses, não estão preparados e nem precisam receber outro tipo de alimento. Porém,  a partir dos 6 meses – quando começamos a Introdução Alimentardo Bebê – até um aninho, existem alguns alimentos que não devem ser oferecidos.

O leite de vaca é um deles. O seu bebê não consegue digerir as proteínas desse leite, e o seu consumo pode estar associado com anemia. Além de conter um baixo teor de Ferro, essa vitamina que é muito importante, não é bem absorvido pelo organismo do bebê.

Todos os derivados do leite de vaca também estão na lista de alimentos proibidos para o bebê até 1 ano. Tais como: queijos, iogurtes e manteiga.

O Mel é outro alimento proibido, pois, ele pode causar o botulismo e as consequências vão desde uma simples constipação, até quadros mais graves que comprometem o sistema nervoso da criança.

Outro alimento proibido é o Sal. Nem uma simples “pitadinha” está liberada. O Sódio presente nos alimentos já é suficiente para suprir as necessidades da criança.

Por último: os sucos. Eles não são mais recomendados antes de um ano. Nele, as frutas perdem muitos nutrientes, bem como as fibras, sendo que o que fica no suco é apenas frutose – que é o açúcar da fruta – por isso, ofereça as frutas in natura, amassadinhas,  em pedaços, da forma que você quiser.

Conheça o Programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar

Agora, se você deseja mais informações, sobre como realizar a Introdução Alimentar do Bebê, eu tenho uma ótima notícia. Eu desenvolvi um curso para todas as mães que querem realizar a Introdução Alimentar (IA) de forma correta e com acompanhamento.

Neste curso, eu mostro todas as informações que você precisa, sobre os primeiros cuidados com a IA.

Conheça os módulos do Programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar:

Vamos começar do início.

Bebê nutrido, bebê feliz!

Sem medo de errar.

Hábitos e atitudes.

Simplifique o dia a dia.

Meu bebê crescendo saudável e feliz.

Olha mãe como eu cresci!

BÔNUS

BÔNUS – Como preparar a comidinha do seu bebê na IA.GRAVAÇÃO DAS LIVES DA COMUNIDADE.

O Programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar, realmente funciona?

Com certeza! O programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar já fez a diferença na vida de milhares de mães e bebês pelo Brasil.

Clique no botão abaixo, para ser direcionada para a página oficial do programa. Veja os depoimentos de alunas que realizaram o curso e sentiram os resultados na prática.

Através de vídeo aulas, 100% online, você terá acesso a um Programa que vai responder todos os questionamentos relacionados a alimentação do seu bebê.

Dentro da página oficial, basta preencher os seus dados como nome, e-mail e telefone, além de escolher a forma de pagamento.

É possível pagar o Programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar com boleto bancário ou cartão de crédito, sendo possível assim, parcelar em até 12x no cartão.

Feito esse procedimento, você receberá no e-mail fornecido o link para entrar no programa que ensina como realizar a Introdução Alimentar em seu bebê.
 Não perca a oportunidade e veja você mesma que aprender sobre IA é mais fácil do que você pensa! 

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe seu Comentário

Compartilhe e pergunte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Introdução alimentar

Receita de Papinha de Ameixa para Bebê

A ameixa é um ótimo alimento para oferecer ao seu bebê. Além de ser super saudável, ela ainda tem poder laxante para auxiliar na prisão

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE