Método BLW de Introdução Alimentar

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

método-BLW

Nutri Camila Explica: Método BLW (Baby Led Weaning)

Oie. Tudo bem? Já ouviu falar sobre o Método BLW?  Se já ouviu falar, porém tem muitas dúvidas a respeito desta prática, não se preocupe. Irei explicar detalhadamente a você, e vou tirar todas as suas dúvidas a respeito deste método que há pouco tempo está no Brasil.

Com uma sigla estranha, o Baby Led Weaning – BLW vem conquistando o seu espaço no Brasil. A expressão vem do inglês e sua tradução significa: “Desmame conduzido pelo bebê.”

Sim, isso mesmo. Será o bebê que irá levar a sua própria comida até a boca. “Mas, como meu bebê vai se alimentar sozinho com apenas 6 meses?”  Antes de responder esta pergunta, vamos entender o conceito da prática e quem a criou.

Como surgiu o Método BLW?

método BLW

O Método BLW foi criado e aprimorado na Nova Zelândia e no Reino Unido. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), esses são os países líderes em obesidade, seguidos pelos Estados Unidos e Austrália.


Mas, por que estes países são líderes em obesidade? Simples, os alimentos ultraprocessados predominam as refeições da população. Por este motivo, o Método BLW foi desenvolvido, para colocar o bebê em contato com alimentos naturais, desde o seu primeiro contato com a alimentação sólida.

Gill Rapley e Tracey Murkett publicaram um livro em 2008 chamado: “Baby-led weaning”. As autoras foram pioneiras, na prática, e realizaram estudos com 655 mães de bebês entre 6 e 12 meses.

Elas coletaram dados importantes com essas mães sobre o desmame e o processo da introdução alimentar, bem como as experiências das mesmas com seus filhos. Além de reparar que o aleitamento materno exclusivo, foi maior entre as mães que não aderiram ao método.


O objetivo das autoras foi caracterizar as mães que seguiram o Método BLW como um plano para a introdução alimentar de seus bebês e ainda avaliar e descrever as atitudes e comportamentos dos filhos alinhados a metodologia utilizada.

Quais foram os resultados do Método BLW?

Agora que você já entendeu como surgiu a ideia do Método BLW, vou explicar a metodologia aplicada. Depois que o livro de Rapley e Murkett foi lançado, outros pesquisadores também começaram a se interessar pela ideia.


Já se passaram mais de uma década desde a publicação do livro. Ainda existem muitos questionamentos, mas as linhas de pesquisas já ganharam forma. De qualquer modo, o Método BLW apresentou dados significativos.

As mães que utilizam o método amamentam seus filhos por mais tempo. Isso acontece, devido ao fato, delas não se auto cobrarem no quesito Introdução Alimentar. Como o método é conduzido pelo bebê, as mães ficam mais seguras e não sentem a pressão de ver seu filho comendo.

Outro dado importante, ao iniciar a prática BLW, as mães não ficaram tão nervosas e ansiosas com o peso do bebê. Sendo assim, esses resultados podem interferir de forma positiva nas escolhas alimentares e experiências durante essa etapa de Introdução Alimentar.

Se você quer aprender mais sobre a Introdução Alimentar, clique no botão abaixo e conheça meu curso: Programa Nutri Bebê de Introdução Alimentar. Através de vídeo aulas, você vai aprender tudo o que é importante para esse momento de descobertas.

Metodologia BLW

O método é originário de dois países líderes em obesidade. Além disso, esses locais não possuem um padrão alimentar tradicional. Por exemplo, aqui no Brasil a introdução alimentar é baseada no padrão tradicional: feijão, arroz, carne e hortaliças.

Entretanto, na Nova Zelândia e Reino Unido esse padrão tradicional não existe. Ao deixar o bebê como protagonista das suas refeições, oferecendo alimentos que vêm da natureza, o método BLW faz com que o bebê seja exposto a muitos alimentos saudáveis.

Sendo assim, a mãe vai mostrando um alimento diferente por dia ao bebê e com paciência e dedicação, ele vai descobrindo novas texturas, gostos e sabores dos alimentos.

Para dar início ao Método BLW, certifique-se que seu bebê já consegue sentar-se  sozinho. Além disso, observe se ele já possui movimentos mais controlados com suas mãos.

Prepare seu bebê para esta experiência, vista ele de maneira que você não se preocupe com sujeira e jamais deixe ele sozinho na hora da experimentação.

Agora, você deve estar se perguntando qual o momento ideal para iniciar a introdução alimentar de fato. Aqui em casa, iniciei a Introdução Alimentar com a Juju pelas manhãs.

Em cada dia da semana, sempre no mesmo horário, eu deixava a Juju experimentar uma frutinha diferente. Aos poucos ela foi conhecendo as frutinhas, os sabores e logo já estava comendo.

Outra dica para o início dessa etapa é escolher um horário em que toda a família esteja reunida. Isso vai servir de exemplo para a criança, pois ela irá visualizar como os adultos fazem para levar o alimento até a boca.

Quais Alimentos o Método BLW Permite?

Como o método foi desenvolvido para dar autonomia ao bebê, todos os alimentos ofertados à criança devem ser fáceis de segurar. Nessa fase, o bebê ainda não sabe segurar um alimento utilizando o polegar e o indicador.

Ele irá segurar o alimento com a mão inteira. Sendo assim, procure oferecer alimentos que você já cozinhou, ou que não sejam muito duros para a criança experimentar, mastigar e engolir.

Vamos listar a seguir, alguns alimentos para utilizar durante o método BLW. São apenas algumas sugestões, pois para uma prática completa é necessário contatar uma nutricionista infantil.

método BLW

– Cenourinha, batata, abobrinha, inhame, chuchu, brócolis.
– Pêra, banana, melão e mamão cortados em pedaços pequenos.
– Ovo cozido.
– Carne ou frango em pedaços pequenos e macios.

Sempre tenha no pratinho da criança um alimento para cada grupo alimentar: proteínas, carboidratos, leguminosos, verduras e legumes. 

Caso o bebê não coma tudo, não fique chateada, pois, é normal que ele cheire, chupe ou apenas brinque com a comida e está tudo bem. Lembre que é uma fase de aprendizado!

Como Você Deve Proceder?

Como comentado anteriormente, seu bebê estará experimentando tudo. O importante é você manter a calma e ter muita paciência. É fundamental que seu bebê esteja descansado para a hora da introdução alimentar.

Se ele estiver descansado, a hora da refeição será divertida e trará resultados positivos. Jamais tire um alimento da mão do bebê enquanto ele estiver experimentando, ou apenas brincando com o alimento.

É isso que fará a diferença no aprendizado dele. Quando o bebê toca os alimentos, sente e experimenta, além de sentir o gosto, ele vai conhecer suas texturas, cores e tamanhos.

Além de ser uma fase de descobertas para o bebê, a Introdução Alimentar é uma fase divertida. Você poderá registrar em fotos todas as caras e bocas que o seu bebê estiver fazendo ao experimentar os alimentos.

Porém, mesmo sendo uma fase divertida, o seu filho precisa aprender tudo o que for possível sobre os hábitos alimentares saudáveis. Tudo o que ele aprender sobre alimentação nessa fase será levada para sua vida quando adulto.

Depois de muito aprendizado, muitas experimentações e descobertas, você vai perceber que o seu bebê vai reduzir o consumo do leite materno (ou fórmula), não porque ele não gosta do seu leite, mas, porque ele não está com fome.

Você deve continuar com o leite materno até os 2 anos da criança.

Benefícios do Método BLW

A proposta do Método BLW é fazer com que seu bebê tenha total autonomia para se alimentar. Vou contar alguns benefícios que o método entrega:

– Conhecer o sabor do alimento sem estar misturado em papinhas;

– Controle do apetite, fazendo com que o bebê não coma em excesso;

– Variedade de alimentos saudáveis;

– Desenvolvimento da coordenação motora.

Citei os benefícios, mas isso não quer dizer que a BLW é o melhor método de Introdução Alimentar na sua casa. Quem irá decidir isso é você e o seu bebê, o método que melhor funcionar para vocês é o certo.

O que mais você precisa saber?

É muito importante conhecer realmente tudo sobre o Método BLW antes de iniciar com o seu bebê. Procure informações com um Nutricionista Infantil, pois este é o profissional especializado em Introdução Alimentar.

No caso do Método BLW, como é oferecido o alimento para o bebê, devo salientar que os tipos de cortes devem ser diferentes. Primeiramente devemos sempre pensar na segurança da criança, ela precisa segurar o alimento com as mãos de modo que se sinta confortável.

Os bebês ainda não sabem fazer o movimento de “pinça” com os dedos. Eles irão pegar o alimento em suas “mãozinhas” por isso o corte do alimento deve ser em formato longitudinal (comprido) e fino.

Com esse tipo de corte, o bebê irá conseguir pegar o alimento na mão de forma segura e assim, levar até sua boca para comer. Isso no início da Introdução Alimentar, mais para frente o bebê vai aprender a fazer o movimento de pinça e então os cortes serão diferentes.

Outra questão é sobre o engasgo. Muitas mães pensam que com o Método BLW o engasgo poderá acontecer mais fácil. Porém, a probabilidade do bebê se engasgar é pequena.

Você estará ao lado dele, mostrando a confiança que tem no seu bebê. O engasgo é muito mais comum de acontecer com líquidos do que com alimentos sólidos.

Existe Uma Parte Ruim do BLW?

Não existe um lado ruim sobre o Método BLW. O que existem são pequenas “desvantagens” ao iniciar com esse tipo de Introdução Alimentar. Algumas mães dizem que não podem nem chamar de desvantagens, mesmo assim, vou compartilhar elas com você.

A principal “desvantagem” do método é a sujeira e a bagunça. O bebê vai pegar os alimentos, pode ser que caia da sua mão, ele pode amassar o alimento com suas mãos e isso causa aquela bagunça na hora da alimentação.

Basta você já estar preparada para tudo, pois se lembre que este momento, além de ser aprendizado, deve ser divertido. Prepare o ambiente, forre o chão com algum tipo de papel ou plástico e utilize um cadeirão e até mesmo um babador que sejam fáceis de limpar.

O segundo ponto de desvantagem do Método BLW é a questão do desperdício. A maior parte do alimento irá acabar caindo no chão do que indo até à boca do bebê. Ofereça devagar os alimentos, não coloque vários pedaços de uma só vez em frente a ele.

Dessa forma, conseguimos evitar um pouco o desperdício.

Conheça o Método Único T.A.A.S.

Para realizar o Método BLW a mãe deve estar segura e confiante, caso contrário não inicie com esse método. Prepare sempre os cortes, e o ambiente para iniciar a Introdução Alimentar, não apenas para o BLW, mas para outros tipos de métodos.

Foi pensando em todas as dúvidas que as mães possuem sobre a Introdução Alimentar, que resolvi desenvolver um curso falando sobre o tema. Um programa com base no método: T.A.A.S.

Dessa forma, qualquer mãe irá conseguir realizar uma introdução alimentar adequada, e sem ficar com dúvidas. Ao clicar no botão abaixo, você será redirecionada para a página oficial do curso.

Se você possui dúvidas, se você está se sentindo insegurança, sobre como iniciar a Introdução Alimentar na rotina do seu filho, o curso que desenvolvi é a solução para todos esses sentimentos.

Dentro do curso você vai encontrar:

– Como identificar os sinais de prontidão do seu bebê;
– Por que a Introdução Alimentar é importante?
– Será que o seu bebê está comendo o suficiente?
– Como preparar as comidinhas?
– Os erros mais comuns e como evitá-los;
– Os principais alimentos, hábitos e atitudes a serem incentivadas;
– Como corrigir erros, caso você tenha errado no começo;

E muito mais!

O curso está sempre recebendo atualizações, possui suporte e material de apoio. Você não vai se sentir perdida e vai poder contar com o apoio de outras mães que também estão iniciando essa etapa na vida dos seus bebês.

Faça hoje mesmo a sua inscrição no curso e veja que com apoio, com material de qualidade, que apenas uma profissional da Nutrição possui a Introdução Alimentar na sua vida vai ser muito mais fácil e divertida.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Quem leu este post leu também

Introdução alimentar

Receita de Papinha de Ameixa para Bebê

A ameixa é um ótimo alimento para oferecer ao seu bebê. Além de ser super saudável, ela ainda tem poder laxante para auxiliar na prisão

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE