Como fazer meu filho comer alimentos saudáveis – 3 dicas para começar hoje mesmo

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

Essa pergunta eu recebo com frequência: Como fazer meu filho comer alimentos saudáveis? O que eu tenho que fazer? Ele não gosta de jeito nenhum! Veja Como fazer espinafre para bebê na introdução alimentar

Nós sabemos que alimentos saudáveis são indispensáveis para o bom desenvolvimento e crescimento da criança. Toda mãe quer que o filho coma bem, mas você sabe como fazer isso? Como incentivar o seu filho comer de modo saudável?

Receitas para a introdução alimentar para bebê de 6 meses em diante

Antes de mais nada, você precisa saber que, independentemente da idade, sempre dá tempo de ensinar alimentação saudável. Seja com 2, 4 ou 6 anos. Não pense na idade da criança hoje, mas sim nos anos que ele tem pela frente. E quanto antes ele aprender, mais fácil e melhor. 

Guia de Introdução alimentar 

Na infância é mais fácil aprender e adquirir novos hábitos. Quando é adulto, fica mais difícil. Então, se o seu filho não come alimentos saudáveis e você quer que ele coma, comece agora mesmo! 

Para te ajudar, eu listei 3 dicas que farão a diferença na alimentação do seu filho. Confira.

Exemplo é fundamental

1 – Seja exemplo. Não adianta nada você falar para ele comer frutas e legumes se você não come, se o pai não come ou quem estiver com ele. A criança, com o passar da idade, vai entrando no hábito familiar, então é necessário que todo mundo se alimente bem. 

Você não precisa mudar de uma hora para outra, mas é preciso um esforço pensando na saúde das nossas crianças. Isso é muito importante, então se você também não come, é hora de rever os seus hábitos alimentares. Não tem como fazer uma criança comer se quem está ali em volta não come também.

2 – Não desista! Se o seu filho não aceitou a berinjela hoje, não desista dela. Por exemplo, ele sempre comeu bem a berinjela até que um dia ele rejeitou. O que você faz? Para de comprar?  Se você fizer isso ela vai sumir da rotina alimentar da sua e aí que ele não vai comer nunca mais mesmo a berinjela.

O contato com os alimentos que ele rejeita deve continuar. É um erro parar de comprar e parar de oferecer.  Na maioria das vezes, nós vamos pelo caminho mais fácil, que é parar de oferecer e aí com certeza ela vai parar de comer.

Dessa forma, ofereça uma preparação diferente, se você serviu cozida, tente grelhada ou assada da próxima vez. Ele não aceitou hoje? Tente novamente semana que vem, mês que vem. Não precisa oferecer todos os dias, apenas vá mudando essa preparação para estimular a criança a comer. Ela precisa estar exposta ao alimento e não perder contato.

Horários das refeições na introdução alimentar

Estimular a criança a comer

3 – Apresente o alimento. Alimentação não é só colocar a comida na boca e comer. Alimentação também envolve todo o ambiente da criança, ela precisa ter contato com os alimentos de outras formas que não seja apenas na mesa sentada para comer.

Principalmente as crianças seletivas, elas não começam a comer certos alimentos de um dia para o outro. Para ela comer efetivamente, ela precisa conhecer e assim vai se mais fácil aceitar os alimentos.

Ela pode conhecê-los de forma lúdica, através de brinquedos, desenhos para pintar, ver nas historinhas e assistir nos desenhos. Infelizmente muitos brinquedos são cupcakes e bolos e a gente esquece dos alimentos de verdade, que são mais saudáveis. Procure livros e desenhos que tenham esses alimentos.

Logo, é assim que a gente ensina para a criança sobre alimentos saudáveis, com brincadeiras, desenho de juntar pontos e de forma divertida.  Se a criança não conhece, ela não vai comer. Precisa estimular esse visual primeiro, a forma lúdica, para a criança comer efetivamente.

Mudança não acontece de um dia para o outro

Essas 3 dicas para ensinar o seu filho a comer alimentos mais saudáveis são o primeiro passo para a mudança que você deseja. Porém, tem 2 coisas que você precisa saber:

  • Essa mudança não acontece de um dia para o outro. Então você precisa ter paciência e persistência. É um trabalho diário que trará resultado a longo prazo. Se não deu certo hoje, amanhã faça de novo, e de novo!
  • Não adianta você coloca em prática apenas 1 ou 2 dicas que eu passei. Está tudo interligado. Uma coisa precisa da outra. Dessa forma, você tem que ter dedicação e colocar em prática as 3 dicas para que realmente funcione. 

Por isso eu falo tanto que paciência e persistência são chaves indispensáveis. Alimentação é coisa séria, principalmente na infância. Você não pode simplesmente deixar pra lá e quando ele crescer ele aprende. Não!

O quanto antes você ensinar ele a comer, melhor. Isso faz parte da educação nutricional que devemos ensinar aos nossos filhos. Apenas com uma alimentação saudável e equilibrada as crianças crescem e se desenvolvem bem.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe seu Comentário

Compartilhe e pergunte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Introdução alimentar

Receita de Papinha de Ameixa para Bebê

A ameixa é um ótimo alimento para oferecer ao seu bebê. Além de ser super saudável, ela ainda tem poder laxante para auxiliar na prisão

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE