Como fazer espinafre para bebê na introdução alimentar

Dra Camila Garcia

Dra Camila Garcia

A partir do momento em que o bebê inicia a introdução alimentar ele já pode e deve comer verduras, como o espinafre. Porém, uma grande dúvida das mães é como preparar as folhas.

Antes de mais nada, quero ressaltar que você deve oferecer verduras desde o primeiro almoço do bebê para que ele conheça esses alimentos, possa identificar e ter contato com eles para aceitar bem a nova comida.

Por isso a fase de introdução alimentar é tão importante. É nela que a criança aprende sobre os alimentos e hábitos saudáveis e fundamentais que ela vai levar para a vida toda.

Veja também Melhores receitas para a introdução alimentar para bebê de 6 meses em diante

Como preparar o espinafre para o bebê

A princípio, o preparo das verduras é bem simples. Na introdução alimentar não é recomendado grandes preparações e receitas muito elaboradas. 

O menos é mais, pois a fase é de aprendizado e o bebê deve conhecer cada alimento individualmente.

Nunca ofereça as folhas cruas, pois no início o bebê ainda não tem capacidade de triturar o alimento para poder engolir. 

Antes da preparação, é essencial fazer uma boa higienização do alimento. Fique atenta, é preciso lavá-lo muito bem em água corrente para tirar toda as sujeiras. 

Depois basta deixar de molho por 20 minutos em solução de hipoclorito de sódio. São 20 gotas para um litro de água. Você encontra este produto facilmente no supermercado. 

Se não tiver, pode preparar uma solução com 1 litro de água e uma colher de sopa de água sanitária. Após deixar o alimento de molho, lave novamente com bastante água corrente. 

As folhas devem ser sempre bem secas para que tenha durabilidade maior. Depois desse processo, o alimento está pronto para ser preparado.

Veja também – Como fazer as primeiras receitas e papinhas para o bebê de 6 meses

Como oferecer o espinafre

No comecinho é importante cozinhar ou refogar e deixar o espinafre murchar para poder oferecer e a criança conseguir engolir sem o risco de engasgar. 

Como oferecer receita de espinafre para bebês

Confira abaixo uma receita fácil de espinafre para o bebê:

Ingredientes:

• 1 maço de espinafre

• 1 dente de alho

• Azeite extravirgem

Modo de preparo:

Refogue o alho no azeite bem rapidamente para não queimar. Acrescente o espinafre e refogue por 5 a 10 minutos – dependendo do tamanho do maço. Em uma tábua, bata com uma faca para eliminar pedaços muito grandes.

Depois de refogado, seja o espinafre ou qualquer outra verdura ou legume, nunca use mixer ou liquidificador. Papinhas com vários alimentos batidos e misturados não são recomendados na fase de introdução alimentar.

Isso porque, dessa forma, o bebê não consegue identificar o que está comendo. Ele deve comer cada alimento separado para aprender sobre o sabor, textura e cheiro de cada um.

Como armazenar o espinafre

Depois que o alimento foi preparado, ele dura um dia na geladeira. Então se o bebê não consumir tudo na hora, pode guardar até o dia seguinte. Se preferir, pode congelar.

No freezer, ele dura um mês. Eu tenho o costume de congelar os alimentos, pois fica mais prático e garante alimentos saudáveis, ricos em nutrientes feitos em casa para o bebê.

Para fazer o congelamento, eu recomendo fazer sempre em porções pequenas e colocar em potes de vidro ou de plástico livre de BPA.

Em casa eu uso forminhas de gelo com tampa, pois já ficam divididas em porções. Dessa forma, não desperdiça tanto e fica mais prático para colocar no freezer e não ter contato com outros alimentos.

Na hora de descongelar é só você tirar as porções, por exemplo um gelo do feijão, um de batata, outro de espinafre e põe no prato para descongelar.

O descongelamento merece atenção. Ele deve ser feito em banho-maria ou no micro-ondas. Assim, não é recomendado deixar descongelar na temperatura ambiente.

Dessa forma, fora da geladeira, o ambiente fica mais propício para as bactérias se proliferarem. E tem mais: se você descongelar o alimento, não pode congelar novamente.

Por isso as forminhas de gelo são bem práticas, você tira apenas a porção correta que o bebê vai comer em cada refeição.

A importância da verdura na introdução alimentar

verduras na introdução alimentar

veja também – dicas de como fazer papinha de legumes para bebê passo a passo

A introdução alimentar é uma fase de aprendizado para o bebê, que deve ser exposto ao maior número de alimentos possível. Ou seja, varie bastante, pois qualidade é melhor que quantidade.

Como tudo é novo, para você e para o bebê, comece devagar. Depois que incluir o almoço na rotina alimentar do bebê, espere alguns dias para oferecer o jantar.

Muitas refeições e informações de uma vez para a criança pode atrapalhar esse aprendizado. Ele deve se adaptar com uma refeição para depois incluir a outra.

E não pense que sempre que você oferecer a refeição ele vai comer tudo de primeira. Algumas crianças comem bem, mas outras não. Cada uma tem o seu ritmo e o seu tempo.

Assim, é fundamental você ter paciência e segurança para fazer a introdução alimentar. Forçar o bebê a comer tudo e limpar o prato não é recomendado.

Bebês comem pouco e eles sempre sabem a quantidade necessária. Então, respeite a vontade dele. Se hoje ele não comer, ofereça amanhã novamente. O importante é não deixar de oferecer nenhum alimento.

Quer fazer a introdução alimentar do seu bebê com confiança e tranquilidade e garantir bons hábitos alimentares pra a vida toda do seu filho? Conheça meu curso online. Nele eu explico o passo a passo para você passar por essa fase de forma tranquila e fácil.

Conta com a gente para fazer sempre a mais correta Introdução Alimentar

Espere alguns dias a mais, semanas a mais se for preciso, pois isso faz muita diferença para a aceitação dos novos alimentos. Ao mesmo tempo, tornará esta fase ser mais leve, prazerosa e saudável, tanto pra você como para o seu bebê.

Quer saber mais sobre introdução alimentar, quando e como fazer e dicas para preparar os alimentos?  Conheça o meu Guia da Introdução Alimentar – um guia prático para esta fase tão importante da saúde e desenvolvimento do seu bebê.

Nele você encontra o passo a passo para passar esta fase de forma tranquila, fácil e totalmente saudável.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe seu Comentário

Compartilhe e pergunte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Como fazer SEU BEBÊ GOSTAR DE TODOS OS ALIMENTOS

Todos os bebês que comem bem seguiram esse processo e você pode usá-lo a partir de HOJE